Maio Laranja alerta sobre cenário da violência sexual contra crianças e adolescentes no Maranhão

Atualmente, quase 80 crianças são vítimas diariamente de algum tipo de violência sexual no Brasil

Por Redação
Publicado em 17 de maio de 2022 às 10:38

O Maio Laranja é o mês que alerta para o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Os dados no país preocupam. Entre as denúncias de violações de direitos humanos contra crianças e adolescentes, 18,6% dos casos estão ligados a situações de violência sexual.

Os dados são do balanço realizado pela Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. Foram 18.681 registros contabilizados entre janeiro e dezembro do ano passado.

Confira a reportagem:

Em 2022, já foram registradas 4.486 denúncias. De acordo com informações do Ministério da Saúde, entre 2011 e 2017, 70% das 527 mil pessoas estupradas no Brasil anualmente, em média, eram crianças e adolescentes. Além disso, 51% das que foram abusadas têm entre 1 e 5 anos.

Um caso teve repercussão neste mês no estado envolveu um pastor preso por suspeita da prática de estupro de vulnerável contra uma criança de 11 anos de idade, no município de São Mateus. As investigações apontaram que o homem abusou sexualmente por quase um ano de uma criança que frequentava a igreja em que o suspeito é pastor.

Atualmente, quase 80 crianças são vítimas diariamente de algum tipo de violência sexual no Brasil, sendo 86% do sexo feminino, na faixa etária entre 10 e 19 anos. Somente em 2020 foram registrados no país quase 30 mil casos contra crianças e adolescentes. No Maranhão, também em 2020, foram 637 registros, sendo que 94% dos casos envolveram meninas.

© SDC - Todos os diretos reservados.