Xiaomi anuncia robô humanoide que detecta emoções

Com as especificações, o robô atinge uma velocidade de resposta em tempo real de 0,5 ms

Por Suelem Thamires
Publicado em 11 de agosto de 2022 às 17:57
...

A Xiaomi apresentou, nesta quinta-feira (11), o CyberOne, um robô humanoide que detecta emoções, tem visão melhorada e que consegue montar reconstruções em 3D do mundo real.

O robô mede 177 cm, pesa 52 kg, tem envergadura de 168 cm e aguenta levantar até 1,5 kg com um único braço. De acordo com a gigante chinesa, comparado a outros robôs quadrúpedes, o CyberOne é “mecanicamente mais complexo”, já que possui motores mais potentes, oferece mais graus de liberdade e algoritmos mais complexos de controle bípede.

Para construir a peça, a Xiaomi desenvolveu um motor de alta potência que pesa apenas 500g e tem um torque de saída nominal de até 30 Nm para o motor da articulação do membro superior. O motor da articulação do quadril também é capaz de atingir um pico de torque instantâneo de até 300 Nm.

Com as especificações, o robô atinge uma velocidade de resposta em tempo real de 0,5 ms. Esse tempo permite, segundo a empresa, com que ele simule movimentos humanos com bastante precisão.

“Com a IA em seu núcleo e uma estrutura humanóide em tamanho real como sua embarcação, esta é uma exploração das possibilidades do futuro ecossistema tecnológico da Xiaomi e um novo avanço para a empresa”, afirmou Lei Jun, fundador, presidente e CEO do Xiaomi Group.

Detectando emoções

A Xiaomi explicou que para interagir com o mundo, o CyberOne está equipado com um mecanismo de reconhecimento de semântica de ambiente que permite a identificação de 85 sons ambientais e 45 classificações de emoções humanas.

Por causa disso, o robô consegue detectar se uma pessoa está feliz ou triste, sendo que no segundo caso ele tem até mesmo comandos para confortar o usuário.

Com as especificações, o robô atinge uma velocidade de resposta em tempo real de 0,5 ms. Esse tempo permite, segundo a empresa, com que ele simule movimentos humanos com bastante precisão.

“Com a IA em seu núcleo e uma estrutura humanóide em tamanho real como sua embarcação, esta é uma exploração das possibilidades do futuro ecossistema tecnológico da Xiaomi e um novo avanço para a empresa”, afirmou Lei Jun, fundador, presidente e CEO do Xiaomi Group.

Detectando emoções

A Xiaomi explicou que para interagir com o mundo, o CyberOne está equipado com um mecanismo de reconhecimento de semântica de ambiente que permite a identificação de 85 sons ambientais e 45 classificações de emoções humanas.

Por causa disso, o robô consegue detectar se uma pessoa está feliz ou triste, sendo que no segundo caso ele tem até mesmo comandos para confortar o usuário.

Com Informações do Tecmundo

© SDC - Todos os diretos reservados.