Parlamentares do PL mantêm maioria na bancada federal do Rio

Os candidatos mais votados foram do União Brasil, PL e PSOL

Por Agência Brasil
Publicado em 3 de outubro de 2022 às 18:30
...

A eleição para a Câmara Federal mexeu com o quadro partidário no estado do Rio de Janeiro, que tem 46 deputados. O PL elegeu 11 parlamentares e permanece com a maior bancada do estado na próxima legislatura. Já a Federação PT/PV/PCdoB passará de dois para seis deputados: cinco do PT e uma do PCdoB. O União Brasil elegeu seis e a Federação PSOL, cinco. Todos os eleitos nesta federação são do PSOL.

O PSD continuará com quatro representantes na Câmara, o Republicanos e o PP elegeram três, cada um, e o MDB conseguiu duas vagas para a próxima legislatura.

O PDT, que hoje tem 4 parlamentares, ficará com apenas um a partir de 2023, e o PSB sairá de dois para um representante.

O Solidariedade, que tem deputado federal, continuará com um. O PTB, o Podemos e o PROS, que não têm representantes na Câmara, conseguiram eleger um parlamentar, cada um. Já o Novo e o Patriotas, que na atual legislatura têm um deputado cada, ficarão sem representantes na próxima.

Os três candidatos mais votados foram Daniela Moté De Souza Carneiro, do União Brasil, conhecida como Daniela do Waguinho, por causa do marido prefeito de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Ela conseguiu 213.706 votos. Em segundo lugar ficou o general Pazuello, do PL, que teve 205.324 votos, e em terceiro, Taliria Petrone, do PSOL, com 198.548 votos.

© SDC - Todos os diretos reservados.