HP planeja demitir até 6 mil funcionários nos próximos 3 anos

O anúncio de que a HP vai demitir funcionários veio com a divulgação dos resultados financeiros do quarto trimestre fiscal de 2022

Por Redação
Publicado em 23 de novembro de 2022 às 11:50
...

A HP é mais uma gigante da tecnologia que está prestes a fazer cortes no quadro de funcionários, juntando-se a empresas como Twitter, Meta e Amazon, entre outras. Na última terça-feira (22), a marca americana anunciou planos de dispensar entre 4 mil e 6 mil colaboradores nos próximos três anos, globalmente.

Com a demissão em massa, a fabricante de computadores e impressoras pretende economizar pelo menos US$ 1,4 bilhão até 2025, o equivalente a R$ 7,5 bilhões pela cotação atual. Deste total, a maior parte — US$ 1 bilhão (R$ 5,3 bilhões) — deve vir da economia com custos trabalhistas.

Em entrevista ao Yahoo! Finance, o CEO da HP, Enrique Lores, afirmou que a companhia pretende reinvestir parte da quantia economizada com os cortes de custos em áreas com potencial de crescimento. Um dos segmentos que podem ser beneficiados é o de jogos.

A demissão em massa na HP foi anunciada em meio à queda nas vendas da marca.A demissão em massa na HP foi anunciada em meio à queda nas vendas da marca.

De acordo com os dados mais recentes, a marca tinha cerca de 51 mil contratados em outubro de 2021. Com o processo de demissões planejado para ser finalizado até o ano fiscal de 2025, o quadro de trabalhadores da fabricante deverá ter uma redução de aproximadamente 12%.

Queda nas vendas

O anúncio de que a HP vai demitir funcionários veio com a divulgação dos resultados financeiros do quarto trimestre fiscal de 2022, encerrado no dia 31 de outubro. Conforme o relatório, as vendas no período caíram 11,2% em relação ao ano passado, influenciadas principalmente pela queda de 26% na quantidade de notebooks vendidos.

A comercialização de desktops também apresentou redução (3%), bem como as vendas de impressoras de consumo (4%), enquanto as impressoras comerciais tiveram aumento de 5%. Apesar disso, a empresa superou as previsões dos analistas do mercado nas vendas líquidas (US$ 14,8 bilhões), vendas de sistemas pessoais (US$ 10,3 bilhões) e LPA diluído (US$ 0,85).

Fonte: TecMundo

© SDC - Todos os diretos reservados.