Emissão de passaportes é suspensa novamente no Brasil

Segundo a PF, são necessários quase R$ 75 milhões para completar orçamento da confecção.

Por Redação
Publicado em 3 de dezembro de 2022 às 10:28
...

A Polícia Federal suspendeu novamente a emissão de passaportes em todo o Brasil. O motivo é a falta de dinheiro para a confecção.

A assistente administrativa Ingret Oliveira foi fazer o passaporte na semana passada, mas logo foi avisada que não teria prazo para a entrega. Ela pretende viajar em fevereiro para a Alemanha, mas está com receio de não receber o documento. “Eles reforçaram que não estão emitindo. Isso acaba prejudicando. Quanto mais demora para comprar a passagem, mais cara fica”, disse ao SBT.

Após ser suspensa no dia 19 de novembro, o governo liberou, três dias depois, cerca de R$ 37 milhões, e o serviço foi retomado parcialmente. Segundo a Polícia Federal, o valor necessário para completar o orçamento para a emissão do documento é de quase R$ 75 milhões. Como apenas da metade da verba foi disponibilizada, o serviço acabou sendo suspenso novamente.

O Ministério da Economia informou que a liberação do restante do dinheiro depende da aprovação de um projeto no Congresso Nacional. Os agendamentos acontecem normalmente. A única etapa afetada é a retirada. O valor pago para a emissão é de R$ 257,25. A taxa vai para o Tesouro Nacional e cabe à União repassar os recursos.

Segundo a Federação Nacional dos Policiais Federais, o orçamento da corporação vem caindo cerca de 20% a cada ano. A falta de verbas teria sido alertada em agosto. “É um absurdo quando não conseguimos emitir um documento de viagem, que é imprescindível. Se já estava previsto, é necessária a sensibilização do governo para mais essa questão”, disse Marcos Avelino, diretor da Federação dos Policiais Federais.

© SDC - Todos os diretos reservados.