Explosão em base militar da Rússia deixa 3 mortos

Moscou acusa Ucrânia pelo ataque e reage com novos bombardeios em Kherson e Kiev.

Por Redação
Publicado em 5 de dezembro de 2022 às 18:17
...

Três militares morreram e quatro ficaram feridos depois que explosões foram registradas em duas bases militares da Rússia, na manhã desta 2ª feira (5.dez). Segundo o Ministério da Defesa do país, o ataque foi feito por drones. 

Ainda segundo a pasta, a Ucrânia está por trás do ataque, que visa destruir aeronaves militares russas de longo alcançe. Os alvos foram as bases militares de Dyagilevo, na região de Ryazan, e Engels, na região de Saratov. Uma delas fica a menos de 200 quilômetros de Moscou. 

Como resposta, a Rússia lançou uma série de bombardeios na região de Kherson e Kiev. Segundo o vice-chefe do gabinete presidencial da Ucrânia, Kyrylo Tymoshenko, foram 46 bombardeios em 24 horas, todos por meio de morteiros, tanques, artilharia e MLRS – veículos de lançamento de foguetes.

A artilharia atingiu, principalmente, centros de comunicação, usinas de energia, e unidades militares da Ucrânia. Ao menos uma pessoa morreu.

“O inimigo continua a aterrorizar as áreas fronteiriças. Em Kherson, prédios privados e de apartamentos e outros edifícios foram destruídos. Como resultado da agressão armada russa, uma pessoa morreu e duas ficaram feridas”, disse Tymoshenko.

*Com informações do SBT News

© SDC - Todos os diretos reservados.