Empresário é solto sete meses após assassinar a esposa em Dom Pedro

Crime aconteceu no dia 30 de abril e foi motivado por ciúmes.

Por Redação
Publicado em 8 de dezembro de 2022 às 08:33
...

O Empresário Rony Veras Nogueira, de 41 anos, suspeito de ter assassinado a tiros a sua esposa, lanca Vale do Amaral, de 26 anos na cidade de Dom Pedro, foi solto após 07 meses preso na Unidade Prisional de Pedrinhas, em São Luís. A informação foi confirmada pela irmã da vítima nas redes sociais.

De acordo com informações de familiares, que não aceitam a decisão da Justiça, Rony foi colocado em liberdade com uso de tornozeleira eletrônica.

Nas redes sociais, umas das irmãs da vítima se diz inconformada com a decisão. “Como assim? A gente nunca teve paz, são 7 meses de muita luta pra ter mantido ele lá por esse tempo! Foram dias de angústia, a gente tinha tanto medo dele sair, e agora está saindo para viver uma vida normal, como se nada tivesse acontecido” escreveu ela.

Rony e lanca tem um filho pequeno. Ele estava preso na penitenciária de Pedrinhas, desde que se entregou após fugir por alguns dias, logo após o crime.

O crime

O crime aconteceu no dia 30 de abril e foi motivado por ciúmes. O casal discutiu em casa e em seguida, a vítima foi alvejada com tiros na perna, na cabeça, tórax e no braço. Ianca Vale não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

Após o crime, Rony Veras se escondeu em um dos cômodos da casa até a chegada da Polícia Militar. O empresário conseguiu fugir pelos fundos da residência. Ianca Vale e Rony Veras haviam se casado em 2021. O suspeito é proprietário de um posto de combustível e uma churrascaria na cidade de Dom Pedro.

© SDC - Todos os diretos reservados.