Chacina de família: corpos encontrados podem ser de últimos desaparecidos

Vítimas foram localizadas em fossa a seis quilômetros de cativeiro

Por Bruna Dutra
Publicado em 24 de janeiro de 2023 às 09:05
...

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil localizaram três corpos em uma espécie de cisterna em Planaltina (DF), na noite de 2ª feira (23.jan). As vítimas podem ser as três últimas pessoas desaparecidas após a chacina de uma família inteira. 

Cães farejadores chegaram ao local, a seis quilômetros de onde outras vítimas ficaram em um cativeiro, após uma provável colaboração com um dos suspeitos presos, que teria confessado onde estariam os últimos desaparecidos. 

A suspeita é que os corpos encontrados sejam de Thiago Belchior, Cláudia Regina e Ana Beatriz Marques. As características das vítimas localizadas coincidem com os desaparecidos: um homem e duas mulheres, sendo uma delas adolescente ? Ana é filha de Cláudia e Thiago foi apontado por um dos suspeitos presos como mentor do crime. Cláudia é éx-mulher de Marcos Antônio. 

Com o correr das investigações e caso sejam confirmadas as identidades das vítimas, a tese apresentada por Horácio Ferreira, um dos presos pelas mortes, cai por terra: segundo o suspeito, Thiago e o pai Marcos Antônio teriam planejadi o crime contra Elizamar da Silva e toda a família. Elizamar era esposa de Thiago. 

Além de Elizamar e Marcos Antônio, os três filhos pequenos também foram assassinados. Outros dois corpos, de duas mulheres, foram encontrados carbonizados e podem ser de Renata Belchior, mãe de Thiago e sogra de Elizamar; e Gabriela Belchior, irmã de Thiago e cunhada de Elizamar. 

Três homens foram presos suspeitos pelo crime: Horácio Ferreira, Gideon Batista e Fabrício Canhedo. Há um quarto envolvido: Carlomam dos Santos. A polícia identificou vestígios da participação dele na cena do crime e segue sendo procurado. 

Reprodição/SBT
Reprodução/SBT
Reprodução/SBT
Reprodução/SBT
Reprodução/SBT
Reprodução/SBT

Fonte: SBT News

© SDC - Todos os diretos reservados.