Dupla suspeita de degolar mulher é condenada a mais de 60 anos

Na ação, a dupla teria torturado e assassinado Glauciane Nascimento.

Por Bianca Menezes
Publicado em 27 de novembro de 2023 às 10:27
...

Dois homens, identificados como Gutemberg Reinaldo dos Santos Souza e João Victor Pereira da Conceição, foram julgados na última sexta-feira (24), em Timon, pelos crimes de tortura, homicídio, tentativa de homicídio e associação criminosa.

O crime teria ocorrido em 24 de maio de 2018, cinco anos atrás, quando os suspeitos invadiram a casa de Jacob Martins Araújo. Na ação, a dupla teria torturado e assassinado Glauciane Nascimento, companheira de Jacob, e tentado contra a vida de Pedro Henrique de Oliveira Cardoso.

Após os suspeitos entrarem na residência, Glauciane e Pedro Henrique foram levados para um dos cômodos da casa, local em que foram amarrados. Um dos homens pegou uma faca de cozinha e cortou o pescoço de Glauciane, que morreu no local. De igual forma, um deles cortou o pescoço de Jacob.

Temendo ser morto, Pedro Henrique entrou em luta contra um dos homens, levando um tiro. De acordo com um dos suspeitos, Pedro “deveria morrer porque havia presenciado o crime”.

Segundo as investigações, o alvo do crime era Jacob e, após acreditarem ter assassinado a vítima, Gutemberg e o parceiro saíram da residência levando alguns pertences das vítimas.

Jacob e Pedro Henrique foram socorridos e sobreviveram. Ainda no hospital, eles relataram os fatos com detalhes, apontando quem seriam os autores. No julgamento, Gutemberg e João Victor, foram condenados a 84 e 65 anos de prisão, respectivamente. As penas deverão ser cumpridas, inicialmente, em regime fechado.

© SDC - Todos os diretos reservados.