Feira da Agricultura Familiar acontece até sábado (09), na Lagoa da Jansen

Programação foi aberta na quinta (07) e fortalece a agricultura familiar, destacando inovações tecnológicas e iniciativas dos produtores rurais.

Por Jornalismo
Publicado em 8 de dezembro de 2023 às 16:59
...

A 1ª Feira Maranhense da Agricultura Familiar (Femaf) acontece até sábado (09), na Lagoa da Jansen. A programação começa a partir das 8h e conta também com atrações culturais. No local, os visitantes vão encontrar vários estandes para a comercialização dos produtos da agricultura familiar, artesanato e gastronomia. Os participantes podem visitar, também, espaços culturais, os dedicados ao conhecimento, tecnologia, cidadania, artesanato, vitrine viva e gastronomia.

A programação cultural será realizada nos três dias de evento. O Espaço da Comercialização destinado à exposição e comercialização de produtos da agricultura familiar, funcionará das 15h às 22h.

O palco institucional receberá eventos como lançamento de livros, apresentação teatral e o 1º Concurso da Melhor Farinha D’água do Maranhão, que premiará os participantes no último dia da Femaf.

O Espaço Tecnológico funcionará das 8h às 18h para exposição de máquinas e equipamentos agrícolas e outros projetos desenvolvidos por instituições de pesquisa e extensão rural.

Já o Espaço do Cidadão, das 8h às 18h, oferecerá ações relacionadas à cidadania, com acesso a vários serviços por meio do Hemomar, da unidade móvel do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon/MA) para emissão de documentos, testes rápidos de saúde e outros.

Com uma expectativa de público de 6 mil pessoas por dia, a Femaf é um espaço onde diversos aspectos da agricultura familiar estão sendo destacados.

Rosângela Alencar, que é agricultora familiar de Itapecuru-Mirim e integrante da Cooperativa Mista dos Agricultores do Vinagre (Comavi), falou da visibilidade que a feira está dando ao seu trabalho com produtos derivados do babaçu.

“Hoje, a gente está aqui vendendo sorvete de babaçu. Nós retiramos a amêndoa do coco babaçu, de onde é feito o leite. A gente coloca o mesocarpo, o leite de coco e o açúcar para fazer esse sorvete. É muito gratificante participar de uma feira como essa e ser reconhecida como alguém que trabalha com a produção de produtos do coco babaçu”, comemorou a empreendedora.

 

© SDC - Todos os diretos reservados.