União Europeia promete corte de 90% nas emissões até 2040

Meta visa acelerar transição energética e atingir neutralidade climática em 2050.

Por Redação
Publicado em 7 de fevereiro de 2024 às 20:22
...

Kadri SimsonA União Europeia (UE) se comprometeu a cortar 90% das emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2040. O acordo, assinado na noite de terça-feira (6), visa acelerar a transição energética e atingir a neutralidade climática em 2050. Atualmente, o bloco europeu é considerado o terceiro maior emissor de carbono do mundo.

A atualização da meta acontece em meio ao avanço da crise climática no mundo. Seguindo o Acordo de Paris, o bloco europeu tenta diminuir significativamente as emissões até 2030, data limite para que o aumento da temperatura global fique em 1,5ºC, em relação aos níveis pré-industriais, até 2100. Caso o objetivo não seja alcançado, cientistas alertam que o mundo terá cada vez mais eventos climáticos extremos.

De acordo com a UE, a transição para a neutralidade climática trará outros benefícios. As mortes prematuras relacionadas à poluição do ar, por exemplo, poderão cair de 466 mil em 2015 para 196 mil em 2040. Novas indústrias, como a de carros elétricos, e a agricultura sustentável também prosperariam no novo panorama econômico.

“As energias renováveis e a eficiência energética continuam a ser fundamentais no caminho para a neutralidade climática, mas para alcançar emissões líquidas nulas necessitaremos também de tecnologias para remover, capturar, transportar, armazenar e utilizar CO2. Com a estratégia que hoje apresentamos, queremos estabelecer um mercado europeu para o CO2”, disse a Comissária da Energia da UE, Kadri Simson.

*Com informações do Sbt News

© SDC - Todos os diretos reservados.