Weverton revela seu posicionamento sobre tese de adiar escolha do candidato

12 de novembro de 2021

Ainda sem ter se manifestado, o senador Weverton disse que não há resistência de sua parte à tese de adiamento da escolha do candidato do grupo do governador Flávio Dino.

A informação foi dada pela jornalista Keith Almeida no JD1, programa de política e opinião que vai ao ar, de segunda a sexta-feira, às 13h15, na TV Difusora e rádio Difusora com John Cutrim, Adalberto Melo e Eduardo Ericeira.

Weverton disse que o presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto, que falou em primeira mão ao blog do John Cutrim que estaria aderindo à tese de adiar a definição do nome a governador, é um grande aliado e que, se essa for a decisão do grupo, acatará.

Dos pré-candidatos, somente o vice-governador Carlos Brandão não se pronunciou. Felipe Camarão e Simplício Araújo são favoráveis que o martelo deve ser batido só no próximo ano.

Publicado em Sem categoria

Deputado de Imperatriz convidado para ser vice na chapa de governador

12 de novembro de 2021

O deputado estadual Rildo Amaral foi convidado para compor como vice na chapa do pré-candidato a governador do PSD, Edivaldo Holanda Jr.

O convite foi feito por membros da coordenação de pré-campanha do ex-prefeito de São Luís.

“Ele foi convidado para se filiar a um partido que estará na base de apoio do Edivaldo e ser o vice”, disse ao blog do John Cutrim uma fonte muito próxima ao deputado Rildo Amaral. O assunto foi tratado no JD1, programa de política e opinião que vai ao ar, de segunda a sexta-feira, às 13h15, na TV Difusora e rádio Difusora.

Hoje no Solidariedade, Rildo, uma das fortes lideranças políticas de Imperatriz e da região Tocantina, tem convites para se filiar ao PSB, PSDB, PSD, PL e PDT. Se fosse hoje, o PSB seria o destino.

Publicado em Sem categoria

Com filiação de Bolsonaro no PL e provável vice do PP, André Fufuca diz que partido estará com Dino e Weverton

12 de novembro de 2021

O presidente nacional do PP, deputado federal André Fufuca garantiu, em conversa com o editor do blog, que o partido mantém o apoio à candidatura de Flávio Dino ao Senado e Weverton ao governo.

“Quem especula diferente disso, não conhece o PP. O partido segue com os candidatos a senador e governador já definidos”, declarou Fufuca ao blog do John Cutrim. O assunto foi tratado no JD1, programa de política e opinião que vai ao ar, de segunda a sexta-feira, às 13h15, na TV Difusora e rádio Difusora.

No próximo dia 22, o presidente Jair Bolsonaro se filia ao PL. O PP, partido que quase chegou a filiar Bolsonaro, deve indicar o seu vice.

No Maranhão, alguns aliados do pré-candidato a governador Josimar Maranhãozinho, presidente estadual do PL, acreditam que a aliança com o PP pode se repetir no Estado.

Publicado em Sem categoria

Exclusivo: Othelino Neto defende que candidato a governador de Dino seja escolhido só no próximo ano

11 de novembro de 2021
...

Em conversa exclusiva com o editor do blog, o presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB) defendeu que a escolha do candidato a governador do grupo seja realizada apenas no próximo ano. O governador Flávio Dino, há pouco, disse que vai realizar, nas próximas semanas, uma reunião com o colegiado de partidos para ouvir sugestões sobre os caminhos de 2022.

“Anuncio, pela primeira vez, minha opinião e a defendo por entender que seja mais sensato deixarmos a escolha para 2022, no intuito de que haja mais tempo para construirmos o entendimento. Essa posição já é defendida por dois pré-candidatos, o Felipe Camarão e o Simplício Araújo”, disse Othelino, em primeira mão, ao blog do John Cutrim.

O presidente da Assembleia frisou que a tese de adiamento será discutida no ambiente adequado, quando for reunido o colegiado de partidos.

Vale ressaltar que o vice-governador Carlos Brandão e o senador Weverton ainda não se manifestaram sobre a possibilidade de a escolha ficar para o próximo ano.

Publicado em Sem categoria

Vice-presidente nacional do PT estará em São Luís para debater eleições

8 de novembro de 2021
...

O vice-presidente nacional do PT, Márcio Macedo, chega nesta quarta-feira (10), em São Luís. Na capital maranhense, o dirigente do Partido dos Trabalhadores conversará com petistas locais e pré-candidatos a governador.

De acordo com o presidente estadual do PT, Augusto Lobato, a vinda servirá para Márcio Macedo conhecer a conjuntura no estado. “Ele deve se reunir com o governador Flávio Dino e os pré-candidatos a governador”, disse Lobato ao blog do John Cutrim.

Presidente do PT em São Luís, o ex-vereador Honorato Fernandes afirmou que a visita é uma espécie de coleta de informações. “O PT nacional montou uma comitiva que está visitando os estados e conversando com as lideranças petistas de cada estado, conhecendo a conjuntura de cada um”, revelou ao blog.

Quanto ao direcionamento que o PT tomará no Maranhão, somente no encontro de tática marcado para o mês de março ou abril de 2022, quando a sigla definirá se terá candidatura própria ou aliança. Na semana passada, a executiva do PT/MA autorizou o secretário Felipe Camarão a fazer pré-campanha como candidato a governador do partido. A decisão será tomada somente no encontro do ano que vem.

Publicado em Sem categoria

Veja como cada deputado do Maranhão votou na PEC dos Precatórios

4 de novembro de 2021

Por 312 votos a 144, a Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta-feira (4), em primeiro turno, o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios. A proposta recebeu somente quatro votos a mais que os necessários (308) para aprovação de uma emenda à Constituição.

“Tivemos importantes 25 votos de partidos de oposição, de PSB e PDT”, afirmou o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), defensor e patrocinador da proposta. A PEC é a principal aposta do governo para viabilizar o programa social Auxílio Brasil — anunciado pelo governo para suceder o Bolsa Família.

A proposta adia o pagamento de precatórios (dívidas do governo já reconhecidas pela Justiça), a fim de viabilizar a concessão de pelo menos R$ 400 mensais aos beneficiários do novo programa no ano eleitoral de 2022.

Ao todo, 25 votos, dos 312, vieram de parlamentares de partidos de esquerda: 15 do PDT e dez do PSB. Depois de Ciro Gomes anunciar a suspensão de sua pré-candidatura à Presidência pelo PDT, o presidente do partido, Carlos Lupi, anunciou no Twitter que está acionando o STF contra a decisão de Arthur Lira que permitiu que parlamentares participassem de forma remota da votação da PEC dos precatórios.

Veja como votaram os deputados do Maranhão:

Votaram Sim (favorável à PEC)

Aluisio Mendes PSC

André Fufuca PP

Cleber Verde REPUBLICANOS

Edilázio Júnior PSD

Gastão Vieira PROS

Josimar Maranhãozinho PL

Josivaldo JP PODEMOS

Junior Lourenço PL

Juscelino Filho DEM

Marreca Filho PATRIOTA

Pastor Gildenemyr PL

Pedro Lucas Fernandes PTB

Votaram Não (contra)

João Marcelo Souza MDB

Bira do Pindaré PSB

Hildo Rocha MDB

Rubens Pereira Jr PC do B

Ausentes

Zé Carlos PT

Gil Cutrim Republicanos

Publicado em Sem categoria

Flávio Dino apoia decisão de Ciro Gomes de suspender candidatura

4 de novembro de 2021

Nome do PDT para disputar a Presidência da República em 2022, Ciro Gomes afirmou na manhã desta quinta-feira que vai deixar sua pré-candidatura “em suspenso” em razão da postura da bancada do partido durante votação da PEC dos Precatórios na Câmara, nesta madrugada. Ele disse não poder “compactuar com a farsa e os erros bolsonaristas”.

Somente seis deputados pedetistas, de uma bancada de 24, votaram contra a proposta, que passou por uma margem de quatro votos a mais que o mínimo necessário, de 308.

“Há momentos em que a vida nos traz surpresas fortemente negativas e nos coloca graves desafios. É o que sinto, neste momento, ao deparar-me com a decisão de parte substantiva da bancada do PDT de apoiar a famigerada PEC dos Precatórios. A mim só me resta um caminho: deixar minha pré-candidatura em suspenso até que a bancada do meu partido reavalie sua posição. Temos um instrumento definitivo nas mãos, que é a votação em segundo turno, para reverter a decisão e voltarmos ao rumo certo”, escreveu Ciro em seu perfil no Twitter.

O PDT foi convencido a votar a favor da PEC no fim da tarde da quarta-feira, quando pesou um acordo feito com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de que colocaria para votar um projeto de lei que destina aos professores 60% do que a categoria tem direito dessas dívidas, mas que será escalonada em três anos. Mesmo assim, os votos decisivos da bancada geraram bate-boca em plenário após a votação. Paulo Ramos (RJ), contrário à PEC, saiu gritando com André Figueiredo (CE), ex-líder da bancada.

O governador Flávio Dino apoiou a decisão de Ciro. “Importante posição de Ciro Gomes para reverter um enorme erro político e jurídico. A PEC do Calote está errada no conteúdo e no procedimento. A Constituição Federal não pode ser modificada de qualquer jeito, na marra, sem observar os ritos e limites fixados no seu artigo 60”, disse Dino.

Publicado em Sem categoria

Dino revela os critérios para escolha do seu candidato

3 de novembro de 2021
...

Cumprindo agenda na cidade de Imperatriz nesta quarta-feira (3), o governador Flávio Dino afirmou que reunirá, até o final do mês, o colegiado de partidos que integram sua base política para a escolha do candidato a governador que terá o seu apoio e do grupo.

Dino diz que não haverá racha e acredita no método do diálogo e da conversa para chegar a um entendimento e unificação do grupo. Para que isso aconteça, o governador frisou que será cumprido os critérios estabelecidos que balizarão a escolha do nome, que incluem apoio popular/pesquisas, apoio político/capacidade de agregação no grupo e, sobretudo, continuidade das ações do governo.

“Fizemos um pacto de todos os partidos abrangendo três critérios, e esses são os critérios que eu estou levando em conta nesse diálogo com os partidos: o primeiro, lealdade, fidelidade ao programa, às mudanças que nós fizemos no Maranhão (…); em segundo, agregação política, ou seja, quem consiga reunir o apoio da maior parte da classe política, abrangendo prefeitos, deputados, partidos; e em terceiro lugar, potencial eleitoral. Nós assinamos esse acordo, todos assinaram e esses são os três critérios que estão sobre a mesa”, afirmou Dino. (veja no vídeo acima)

O governador Flávio Dino cumpriu agenda na Região Tocantina com visita, entregas e anúncios de ações nas áreas de saúde, educação e cultura na cidade de Imperatriz, nesta quarta-feira (8). A agenda iniciou com a vistoria às obras do novo Socorrão. Em seguida, Dino inaugurou o Centro de Ciências Agrárias da UEMASUL; anunciou a reforma do CAIC e a realização de concurso público para professores do curso de Medicina, na UEMA; e concluiu a agenda com visita ao Calçadão, para abertura da iluminação natalina do centro comercial da cidade e, também, para a solenidade de entrega de instrumentos musicais para igrejas católicas e evangélicas.

Publicado em Sem categoria

O duelo de Josimar Maranhãozinho e Felipe Camarão…

28 de outubro de 2021
...

O deputado Josimar Maranhãozinho (PL) utilizou as redes sociais mais uma vez para criticar o governo Flávio Dino. Dessa vez, o parlamentar disse que recebeu denúncias da falta de merenda em uma escola em Junco do Maranhão, um dos municípios que integram seu reduto eleitoral.

Maranhãozinho aproveitou a denúncia para alfinetar Dino. “Minha pergunta é: o Palácio está desabastecido também?”, provocou.

De imediato, o secretário de Educação, Felipe Camarão tratou de esclarecer o episódio. “Deputado, se o senhor apurasse melhor iria saber q a culpa é do governo federal que o senhor apoia. O FNDE mudou a forma de repasse dos recursos e nunca mandou o cartão de alimentação da escola apesar de várias tentativas nossas, inclusive do ex gestor da URE q era sua indicação”, disparou.

Camarão acabou dando uma invertida em Maranhãozinho, uma vez que esclareceu que a culpa é de Bolsonaro, aliado de Josimar, e ainda tratou de revelar que até poucos dias um aliado do deputado comandava a unidade regional de educação.

Josimar não se deu por satisfeito e retrucou: “Secretário, sua resposta era previsível. A “culpa” e responsabilidade é sempre do “Governo Federal”. Afinal, a especialidade da atual gestão é TERCEIRIZAR… S. José de Ribamar recebe R$19 de repasse Federal e complementa p/ R$50 (aluno/mês) o cartão merenda. É impossível fazer?”, questionou.

No fim do embate, Felipe disse que iria resolver o problema da falta da merenda na escola. “Antes mesmo do senhor falar sobre o problema, já estávamos resolvendo os problemas. Curioso é o senhor, como aliado do presidente, nunca ter feito nada para ajudar. Ou seja, apesar do governo federal e apesar da sua falta de ajuda, ainda assim vamos resolver.”

Vale lembrar que os dois são pré-candidatos a governador do Maranhão…

Publicado em Sem categoria

Quem sou

Jornalista, comentarista político da Rádio e TV Difusora (SBT). Cobre os bastidores da política desde 2004 e atua nas áreas de comunicação e marketing.

Categorias
  • Sem categoria (9)
  • Conteudo deste blog é independente e de responsabilidade do Blogueiro.

    © SDC - Todos os diretos reservados.