Giuliano e Germán Cano, do Fluminense, dividiram ainda a chuteira de ouro