Organizadores do Mundial negociam com o governo do país muçulmano