A decisão destaca que não apenas entes políticos são atingidos pela retenção do recuso, mas também financiadores da festa e agentes sociais.