Partido de Bolsonaro contesta decisão de Moraes e alega que medida inviabiliza funcionamento da sigla